quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Globalização Financeira, a próxima crise - Portal Vermelho

Globalização Financeira, a próxima crise - Portal Vermelho: A economia moderna que se estuda há 200 anos opera por ciclos de expansão e contração. O atual ciclo de globalização financeira leva o mundo a sérias distorções no campo social e politico e a fatura está chegando. Por André Araújo

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

A ESTRATÉGIA DE LUTA DO PT ESTA FURADA!

 Serginho Athayde

Vamos por parte: "Agora, não dá para entender ataques à democracia. Atacá-la significa defender seu oposto: - o autoritarismo - ou seja - defender o arbítrio da ditadura. Sinceramente, amigo Serginho Athayde não ficou claro para mim de que lado está você. A ditadura, só lembrando, em seu primeiro ato fecha o Congresso. Nós temos que lutar pela preservação dele como Poder da República Federativa. Não existe republicanismo ingênuo ou inútil."

O problema da gente é ter uma lógica dual, cartesiana, ou é democracia, ou autoritarismo, e aí não entendemos o cinza, não percebemos o movimento que alterna as cores a cada momento, e as diferenças que cada uma delas tem pro olhar de cada um. Mas o cinza existe, em diversas tonalidades. 

Mas que democracia é essa que vigora no Brasil? 
Temos um Congresso com 400 ladrões, eleitos pelo povo, não para serem corruptos, é contra lei, o que impõe a investigação, a denuncia, o julgamento, a prisão e a cassação, isto é o que manda a Constituição. 

Mas por que isso não acontece, por que esse direito do povo lhe é negado? 

Porque os 400 ladrões fazem as leis, e agem como uma quadrilha, são cúmplices, se protegem, protegem os interesses daqueles que lhe deram dinheiro para suas campanhas, para se elegerem e em troca serem beneficiados. Todos os dias leis aprovadas acabam com os direitos do trabalhadores, doam o patrimônio do povo ao capital, para ficar só nesses dois mega prejuízos, A democracia deveria permitir que esse circuito criminoso viesse a ser punido, mas não é. 

Esse contexto é democrático, estamos numa "democracia", ou num estado de exceção, numa ditadura do parlamento e do judiciário? 

O parlamento tomado pelos 400 ladrões e o judiciário tomado por organizações criminosas que rasgaram a Constituição, só punem os inimigos dos golpistas, e protegem os membros de uma das organizações criminosas PSDB e PMDB. Logo, de onde virá desses dois tapetões mudanças nessa "democracia"? 

Enquanto isso, a quadrilha que tomou o executivo, compra descaradamente os 400 ladrões, faz diversas manobras para não ser investigadas, e se depender do aval do congresso, não serão cassados.por outro lado, os do judiciários também não serão punidos, porque os três poderes estão tomados pelos golpistas, corruptos, entreguistas e inimigos do povo. 

E aí Delza Maria, onde esta essa democracia de que você fala, temos um estado de exceção nas mãos dos golpistas, e como fazer pra que o Brasil volte para as mãos do povo? 
O que essa nota da direção nacional do PT indica é que o partido optou pelo caminho eleitoral, com foco nas eleições de 2018, e para garantir que aconteça essas eleições, que Lula não seja impedido de disputa-las, passamos a achar que os conchavos nos tapetões do congresso e judiciário podem garantir nosso projeto. 

Então a exigência que seja o senado que decida a sorte de Aécio, que sabem de ante-mão qual vai ser, cria uma aureola de que estamos lutando pela democracia, mas na verdade estamos lutando pelo fortalecimento do estado golpista, porque nos espaços políticos do tapetão não temos chance nenhuma de mudar quase nada, é se lembrar do que aconteceu a Dilma, assistimos a sua derrubada nesses cenários, todos sabendo que era uma armação, provada, mas legitimaram o impeachment. 

Outros indicativos dessa estratégia são as caravanas, instrumento par a luta eleitoral, que são um sucesso, muito bom, mas o caminho pra derrubar e acabar com o estado de exceção parlamentar e do judiciário, tem que ser o de termos um instrumento de lutas de massa, que possa paralisar o pais e ocupar todas as ruas, e por tempo indeterminado, que organizado pelos trabalhadores e pelo povo, liderados por Lula, pra vitorioso exija a renuncia de todos os golpistas e corruptos, as diretas já e uma constituinte, a solução anti-democrática pelo seu olhar, pelo meu democrática. 
Quanto a você ter dúvidas de que lado estou, é criancice, e pior ainda, é a práxis anti-democrática que se impõe a quem diverge e deve ser isolado, no caso criar a desconfiança, para que o isolamento seja concreto, aqui no face pelo bloqueio, ou pelas pessoas que passam a não se interessar pelo que você escreve, isso é golpista! Delza Maria, por último reflita, no Paraguai também aconteceu um golpe parlamentar, não precisou fechar o Congresso, nem se declarar uma ditadura, tudo funcionando direitinho, como aqui no Brasil, os ditadores são os 400 ladrões e os centenas de servidores do judiciário. Um grande abraço!